‘A caneta Bic é minha’, diz Bolsonaro sobre compra de vacina chinesa

Afirmação se dá após vice-presidente Hamilton Mourão afirmar que 'é lógico' que governo federal comprará a Coronavac

0
52

“A caneta Bic é minha”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na tarde desta sexta-feira (30), sobre a possível compra pelo governo federal da vacina chinesa contra a covid-19.

Vice-presidente Hamilton Mourão

“O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí”, disse Mourão à revista Veja. 

A Coronavac tem sido alvo do debate entre Bolsonaro e seu adversário político, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Numa reunião com governadores, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, havia dito que o governo brasileiro iria usar a vacina no SUS (Sistema Único de Saúde), mas foi desautorizado por Bolsonaro. O presidente disse que não seria feito investimento numa vacina que não foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui