28 C
Porto Velho
domingo, dezembro 8, 2019

Câmara aprova PL que altera incentivos para tecnologia da informação

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27) projeto de lei que prevê novo modelo de incentivos fiscais para empresas de tecnologia da informação e comunicação (TIC) e também para investimentos em pesquisa e desenvolvimento desse setor. O texto altera a Lei de Informática. A matéria segue para o Senado.

O projeto foi construído após contestação da União Europeia e do Japão, na Organização Mundial do Comércio (OMC), sobre benefícios fiscais concedidos pelo Brasil a diversos setores da indústria nacional, inclusive o da informática. Segundo o entendimento desses países, os tais benefícios não são consistentes com as regras do comércio internacional e discriminam empresas de outros países.

O texto prevê que as empresas de tecnologia da informação que investirem em pesquisa, desenvolvimento e inovação farão jus, até 2029, a incentivos fiscais sobre a receita líquida decorrente da venda dos bens e serviços, desde que os projetos tenham sido aprovados pelos ministérios da Economia e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Segundo o relator da matéria, deputado André Figueiredo (PDT-CE), o PL não gera impacto fiscal pois apenas faz a troca de incentivos já concedidos, ajustando os benefícios às determinações da OMC. 

“O projeto, apesar de estar apoiado em renúncia de receitas da União, está substituindo, sem aumento de renúncia, programas já existentes na atualidade. Logo, não promove impacto fiscal”, ressaltou Figueiredo.

Mais Notícias aqui

Dinheiro de propina foi lavado na reforma da casa de filha de Temer, diz PF

Junto com Michel Temer e Moreira Franco, todos os presos irão para a sede da PF no Rio

Ataques a duas mesquitas na Nova Zelândia deixam mortos e feridos

Ataques simultâneos a duas mesquitas na cidade de Christchurch, no sul da Nova Zelândia, deixaram pelo menos 49 mortos e 48...

Governador do DF vai pedir a saída de líderes do PCC de Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse hoje (23) que vai procurar o presidente Jair Bolsonaro para pedir a remoção de...

Últimas

Antes de ir à escola, atiradores planejavam matar desafetos

SÃO PAULO - Cada atirador deveria matar um desafeto antes de dar início ao massacre na Escola Raul Brasil, em Suzano....

Frango Assado do Waltinho

Empresa consolidada no segmento de alimentos, o Frango Assado do Valtinho comemora 13 anos de funcionamento com a tradição de...

Renegociação da dívida ativa renderá R$ 6,4 bilhões ao governo em 2020

A partir de hoje (29), devedores com mais de R$ 15 milhões inscritos na dívida ativa da União podem pedir o...
%d blogueiros gostam disto: