Atendimento em unidade de Saúde ‘Manoel Amorim de Matos’ é ampliada em Porto Velho

Instalada em umas das unidades de saúde o centro de referência atende casos leves de Coronavírus na zona sul

0
47

Implantado no início de junho pela Prefeitura de Porto Velho, o segundo centro de referência ao coronavírus, que funciona na Unidade de Saúde da Família (USF) Manoel Amorim de Matos, na Zona Sul, teve seu funcionamento ampliado e passa a atender todos os dias das 7h às 18h. A unidade atende prioritariamente os pacientes encaminhados pelo Call Center através do telefone 0800 647 5225.

Unidade de Saúde da Família (USF

Em 15 dias de funcionamento, o segundo centro de referência ao coronavírus da Zona Sul atendeu 891 pacientes encaminhados pelo serviço de teleatendimento. Para acolher um maior número de pessoas e reduzir o tempo de espera pela consulta médica presencial, a unidade agora atende também aos sábados e domingos, ampliando o acesso do cidadão aos serviços de saúde.

Com os atendimentos sendo realizados todos os dias, das 7h às 18h, a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) é receber uma média de 130 pacientes diariamente, ou seja, quase 4 mil pessoas por mês. Para isso, ampliou também a equipe com três médicos por turno durante a semana e dois aos finais de semana. Além de contar com a expertise de enfermeiros, técnicos e outros profissionais da saúde.

Segundo a coordenadora médica da unidade, Neila Zafarri, o centro de referência da Zona Sul atende os pacientes que apresentam sintomas leves da Covid-19. “A triagem é realizada pelo Call Center, que faz o agendamento para o atendimento presencial deste paciente. Aqui temos condições para diagnosticar e iniciar o tratamento”, explica.

Além da consulta médica presencial, a unidade também realiza testes para detecção do novo coronavírus.

Atendimentos no CEM

O primeiro centro de referência ao coronavírus foi implantado no CEM e atende desde o início de abril. São cerca de 200 atendimentos diários com realização de consultas, exames e teste para detecção do coronavírus. Até o dia 24 de junho, a unidade contabilizou 8.904 atendimentos presenciais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui