Rondônia inaugura primeira Central de Informações aos Migrantes e Refugiados da região Norte

Atendimento está localizada no prédio do Tudo Aqui de Porto Velho.

0
59
A primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha, destacou a implantação da central como uma política importante e necessária

Nesta segunda-feira (28), O Governo de Rondônia junto com a Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), inaugurou no prédio do Tudo Aqui em Porto Velho, uma Central de Informações aos Migrantes e Refugiados. A parceria também conta com a Superintendência de Gestão de Gastos Públicos Administrativos (Sugesp) e a Universidade Federal de Rondônia (Unir).

A central foi criada para atender a população de migrantes que necessita de serviços e informações, ofertando um atendimento amplo e completo nos idiomas inglês e espanhol. Ela está funcionando no prédio do Tudo Aqui com horário de atendimento das 7h30 às 13h30. Através dela, os usuários terão acesso a serviços públicos federais, estaduais e municipais, realizando encaminhamentos dos demandatários para a Rede de atendimento, nas mais diversas áreas como saúde, educação, assistência social ou qualquer outro órgão ou entidade da sociedade civil que preste atendimento aos migrantes e refugiados em Porto Velho.

Além do acesso às informações, será possível ainda mapear a situação dos migrantes através do Sistema Estadual de Cadastro de Benefícios (Siscab). Os dados poderão ser usados em pesquisas sobre a migração em Rondônia.

“É uma emoção estar realizando mais essa entrega importante. Mesmo diante da pandemia estamos dando cumprimento às nossas metas, disse a primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha, destacando a importância da implantação da central como política pública de migração.

Estima-se que o Estado acolha hoje cerca de três mil migrantes entre haitianos e venezuelanos, que somam maioria em Rondônia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui