Estado desativa Hospital de campanha no bairro zona leste de Porto Velho

No total, a unidade permaneceu ativada por 72 dias e contou com o apoio de 190 profissionais para combater o coronavírus no estado.

0
30

O Governo de Rondônia anunciou nesta quarta-feira (14) a desativação do Hospital de Campanha para enfrentamento do novo coronavírus na Zona Leste de Porto Velho. No total, a unidade permaneceu ativada por 72 dias e contou com auxílio de 190 profissionais.

Em entrevista coletiva, o secretário Estadual de Saúde (Sesau), Fernando Máximo, informou que ao menos 100 pacientes foram curados no hospital. Ainda conforme o chefe da pasta, Rondônia tem 2% de taxa de letalidade.

Porém, por precaução, a estrutura do hospital continuará preparada. Caso não haja mais aumento no número de casos da Covid-19, por exemplo, o prédio voltará a atender como Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero).

O hospital está equipado com 30 respiradores, monitores multiparâmetros, bombas de infusão, raio-X digital, ultrassonografia portátil, laboratório, gasometria arterial e outros equipamentos necessários, segundo o Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui