FBI não tem conclusão firme sobre a causa da explosão em Beirute

Outras agências governamentais dos EUA e da Europa que acompanharam de perto as investigações acreditam que a explosão foi acidental

0
23

O FBI (Federal Bureau of Investigation) dos EUA disse nesta terça-feira (13) que não chegou a nenhuma conclusão firme sobre o que causou a megaexplosão de 4 de agosto no porto de Beirute, que matou quase 200 pessoas e causou bilhões de dólares em danos.

Outras agências governamentais dos Estados Unidos e da Europa que acompanharam de perto as investigações sobre a explosão acreditam firmemente que a explosão foi acidental.

“Nenhuma conclusão foi alcançada”, disse uma porta-voz do FBI à Reuters por e-mail. Ela citou uma declaração anterior na qual a agência dos EUA disse que estaria “fornecendo aos nossos parceiros libaneses assistência investigativa” em sua investigação.

“Outras perguntas devem ser dirigidas às autoridades libanesas como os principais investigadores”, disse a porta-voz.

A mídia libanesa informou na terça-feira que um relatório do FBI sobre a explosão foi entregue a um juiz libanês na segunda-feira. O FBI se recusou a comentar os relatórios.

Duas fontes do governo dos Estados Unidos familiarizadas com relatórios oficiais e análises sobre o incidente disseram que as agências americanas também estavam amplamente convencidas de que a explosão, envolvendo grandes quantidades de nitrato de amônio que havia sido armazenada em um edifício portuário por anos, foi um acidente.

Uma fonte do governo europeu familiarizada com relatórios e análises de inteligência disse que especialistas europeus oficiais também avaliaram que a explosão foi acidental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui