Dia de Finados: cemitérios de Rondônia abrem para visitação

Vários municípios foram autorizados para visitação. A recomendação é que os visitantes usem máscaras, evitem formar aglomerações.

0
23
Fiés fazem homenagens aos entes queridos do Dia de Finados no Cemitério dos Inocentes.  — Foto: Jheniffer Núbia/G1
Fiés fazem homenagens aos entes queridos do Dia de Finados no Cemitério dos Inocentes.

Os cemitérios municipais foram autorizados a abrir para visitação durante o feriado de Finados, nesta segunda-feira (2), em Rondônia. A recomendação dos executivos é que os visitantes usem máscaras, evitem formar aglomerações e mantenham o distanciamento de um metro e meio em razão da pandemia do novo coronavírus.

Cemitério dos Inocentes fiéis começaram a ir ao para homenagear seus entes queridos por volta das 7h. O movimento começou fraco no início da manhã.

O Cemitério dos Inocentes permanecerá aberto até às 18h. Os visitantes faziam o uso de máscaras, como o recomendado.

A prefeitura da capital voltou atrás e liberou a comercialização de velas e flores durante o feriado. A decisão foi divulgada no domingo (1º) através de nota. Até o fim da manhã de domingo, a venda estava suspensa por protocolo de segurança em razão da pandemia do novo coronavírus.

No comunicado, a Semusb justifica que a liberação se deu pelas vendas serem “muito comuns neste dia com o comércio de flores, velas e outros artigos correlacionados”. A informação sobre a volta foi confirmada também pelo gerente da Divisão de Cemitérios, Gilbson Morais.

Anteriormente, haveria uma fiscalização por equipes do Departamento de Posturas do município e quem descumprisse com a determinação poderia ser autuado ou até multado.

Em Jaru, visitações foram liberadas por volta das 7h no Cemitério de Jaru. A gerência Municipal de Transporte e Trânsito da cidade (Gemtran) faz o controle de tráfego. Apesar da movimentação estar tranquila, muitas pessoas estão sem máscara.

Uma missa programada para a manhã desta segunda. Os fiéis devem respeitar o distanciamento e fazer o uso de máscaras.

Cemitério de Jaru.  — Foto: Portal P1/Reprodução
Cemitério de Jaru.

O Dia de Finados em Ji-Paraná, começou com celebração de uma missa. A expectativa é que mais de 10 mil pessoas visitem os dois cemitérios da cidade até o fim do dia.

Dia de Finados em Ji-Paraná começa com celebração de missa.  — Foto: Gedeon Miranda/Rede Amazônica
Dia de Finados em Ji-Paraná começa com celebração de missa.

Em Guajará-Mirim, a maioria dos moradores aproveitou o fim de semana para a visita no Cemitério Santa Cruz. Nesta segunda, a movimentação teve início a partir das 7h e foi fraca. Não houve tumultos e todos que passaram pelo local usavam máscaras.

O cemitério Santa Cruz é o único na zona urbana da cidade e tem mais de 100 anos. Estima-se que ao menos 15 mil corpos foram enterrados, já que o local está sendo usado como cemitério desde a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM).

Cemitério Santa Cruz em Guajará-Mirim no Dia de Finados.  — Foto: Lena Mendonça/Guajará-Mirim
Cemitério Santa Cruz em Guajará-Mirim no Dia de Finados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui