Trabalhador morre após mal súbito durante treinamento de segurança para Energisa em Porto Velho

O jovem havia começado no emprego recentemente.

0
34

A vítima Henrique dos Santos Correia, de 25 anos, morreu após ter um mal súbito na quarta-feira (4), no Bairro Nacional, em Porto Velho, e estava participando de um treinamento de segurança da Energisa no momento que morreu. O jovem havia começado no emprego recentemente.

De acordo com as informações de um dos colegas de trabalho, para a polícia, disse que ele e Henrique estavam carregando uma escada, quando a vítima caiu e bateu a cabeça ao solo. Ao perceber que Henrique não estava bem, o colega de trabalho começou a realizar o procedimento de massagem cardíaca.

Outros colegas da empresa ligaram para o Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu). No entanto, conforme descrito no boletim policial, os trabalhadores acabaram decidindo colocar a vítima em um carro e levá-la ao hospital.

No caminho, os funcionários da empresa se depararam com a ambulância e a equipe do Samu realizou o atendimento e levou Henrique à Policlínica Ana Adelaide, porém o trabalhador não resistiu.

Em nota, a Energisa disse lamentar a morte do colaborador terceirizado. A empresa ressaltou que o funcionário estava em treinamento de práticas de segurança em uma das unidades da empresa.

Henrique tinha acabado de ser contratado e antes mesmo dos treinamentos, escreveu a Energisa, ele tinha passado por todos os exames admissionais e destacou, que a empresa aguarda os laudos médicos para saber a causa.

Veja na íntegra a nota da Energisa:

A Energisa lamenta a morte do colaborador da terceirizada Bureau Veritas Henrique dos Santos Correia, de 25 anos, que sofreu um mal súbito ao sair de um treinamento de práticas de segurança em uma das unidades da empresa. Os técnicos de segurança da terceirizada e da distribuidora tentaram reanimá-lo com orientações do SAMU, mas infelizmente não foi possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui