Rússia anuncia ter vacinado mais de 150 mil pessoas contra covid-19

Governo pretende aplicar o imunizante desenvolvido e fabricado no país em 7 de cada 10 russos até novembro de 2021

0
39

A Rússia anunciou, nesta quinta-feira (10), que imunizou mais de 150 mil pessoas contra o novo coronavírus, causador da covid-19, com a vacina Sputnik-V, produzida no país, desde o início da campanha de imunização no último sábado (5). 

“Até hoje, receberam o preparado mais de 150 mil habitantes de Moscou”, explicou Alexandr Guintsburg, diretor do Centro Gamaleya, um dos desenvolvedores da vacina.

As primeiras pessoas que receberam a dose do imunizante tiveram que fazer um cadastro prévio, ter idade entre 18 e 60 anos e serem integrantes de grupos de risco prioritários, como funcionários da saúde, de atendimento social e professores.

Recentemente, o próprio Guintsburg garantiu que, a partir de janeiro, a Rússia pode produzir, ao menos, 6 milhões de doses da Sputnik-V por mês. Moscou estima que 70% da população russa esteja imunizada até novembro do próximo ano.

O ministro da Saúde, Mikhail Murashko, por sua vez, disse na terça-feira (8) que metade das regiões do país já recebeu a vacina e que os demais passariam a receber a partir de hoje.

Nas últimas 24 horas, a Rússia contabilizou 27.927 casos de infecção pelo novo coronavírus, sendo que pouco mais de 10 mil dos positivos se concentraram apenas em Moscou e São Petersburgo, as duas maiores cidades do território.

Além disso, ao longo desta quarta-feira, foram notificadas 562 mortes por Covid-19, elevando o total desde o início da pandemia para 45.280.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui