Tarifa subsidiada e frota ampliada aumentam usuários do transporte coletivo em Porto Velho

Atualmente a média é de 16 mil passageiros diários

0
1

A decisão da Prefeitura de Porto Velho em subsidiar a tarifa do transporte coletivo teve impacto direto no número de passageiros. De 10 de abril a 09 de maio de 2020, com a tarifa zero, o número de usuários chegou a 17 mil por dia. Atualmente, pagando R$ 1 por viagem, a média é de 16 mil passageiros diários.

O benefício da tarifa reduzida tem endereço certo. São os usuários que utilizam o cartão COM Card. Quem optar por pagar as passagens em espécie terá que desembolsar o valor normal do bilhete, que é de R$ 4,05.

No início deste mês, mais veículos foram incorporados à frota, uma das propostas do prefeito Hildon Chaves para o sistema. Os benefícios deste reforço são perceptíveis.



“Com frota ampliada mais passageiros são transportados. Atualmente, são cerca de 16 mil por dia”, explica Ronaldo Flores, secretário da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran).

Quanto mais ônibus circulam, menos tempo o passageiro fica nas paradas aguardando o transporte, evitando também a superlotação.


A partir do dia 10 de agosto a 9 de novembro, a passagem passará a custar R$ 2. E de 10 de novembro a 31 de dezembro de 2021, será cobrado o valor de R$ 3.


A redução na tarifa é consequência do aporte que a Prefeitura Municipal faz, de cerca de R$ 6 milhões, para a JTP Transporte, Serviços, Gerenciamento e Recursos Humanos Ltda, concessionária que opera o transporte coletivo em Porto Velho. Com passagens mais baratas, o usuário compromete menos sua renda e o sistema retorna à normalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui