Homem preso por ordem do Ministro Alexandre de Moraes e o risco de perder o pé na prisão

Date:

Entenda o caso da prisão de um homem por ordem do Ministro Alexandre de Moraes e a possibilidade de ele perder o pé na prisão sugere um caso sério com implicações legais e de saúde. Durante sua recuperação de uma cirurgia no tornozelo, segundo apurado pela reportagem, o ex-servidor Marcio Rodrigues, de 44 anos, foi surpreendido em casa por agentes da Polícia Federal (PF) na manhã de 25 de abril, cumprindo uma ordem do ministro Alexandre de Moraes.

De acordo com o mandado expedido pelo juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), Rodrigues violou uma medida cautelar ao publicar um vídeo no Twitter/X.

Na legenda do post, onde marcou o dono do X, Elon Musk, Rodrigues se identificou como preso político e pediu ajuda contra a “condenação de pessoas inocentes”.

Em petição ao STF, a advogada de Rodrigues, Jeanne Franco, argumentou que seu cliente “vem atravessando crises de ansiedade, depressão e síndrome do pânico”. Ela destacou ainda que o post teve apenas uma curtida e 17 visualizações.

Segundo Jeanne, o quadro clínico delicado e as dificuldades financeiras devido à demissão levaram Rodrigues a fazer o post.

“O estado de saúde do acusado oscila, motivo pelo qual ele descumpriu a medida cautelar referente ao uso de redes sociais”, apontou a defesa. “Rodrigues está ciente do erro cometido e se arrepende.”

A advogada também expressou preocupação com a saúde de Rodrigues, mencionando que a penitenciária onde ele se encontra não possui estrutura adequada para tratar da cirurgia realizada. Rodrigues está na Casa de Detenção José Mário Alves da Silva, em Porto Velho (RO), conhecida como “Urso Branco”, uma das unidades mais violentas do Estado.

Ele corre o risco de perder o pé por falta de atendimento médico e fisioterapia no presídio”, afirmou Jeanne.

Rodrigues foi demitido da Prefeitura de Porto Velho devido à sua participação nos eventos de 8 de janeiro e tem enfrentado dificuldades para sustentar seus dois filhos, de 14 e 18 anos. Por causa dos problemas financeiros, ele voltou a morar com os pais.

Atualmente, os filhos vivem com os avós e a mãe, de quem Rodrigues é separado.

A polícia prendeu Rodrigues em 9 de janeiro, no acampamento em frente ao Quartel-General do Exército em Brasília. Ele não chegou a ir à Praça dos Três Poderes. Rodrigues obteve liberdade condicional em 11 de maio de 2023 e vinha cumprindo as medidas judiciais desde então, conforme relatado pela advogada.

Redação/CN com JCO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Compartilhar postagem:

Se inscrever

spot_imgspot_img

Popular

Mais como isso
Related

Polícia Militar prende cinco e recupera carro furtado em Porto Velho

Neste domingo (21), a Polícia Militar realizou uma operação...

Hoje Celebramos o Dia da Paz e da Conciliação em Rondônia

Em 16 de maio de 2017, o Plenário da...

Corra que a Polícia vem aí… Delegado Sandro quer colocar moral na zorra que é a política do Candeias

Em oito anos Candeias teve oito prefeitos. Os que...

O chocante acidente que causou a morte de ator da novela Pantanal

O mundo do entretenimento brasileiro foi abalado recentemente por...